A erva, amplamente cultivada no Irã, Turquia, Grécia, França, Itália e Jammu e Caxemira na Índia, é também conhecida como Zafaran ou Kesar. O estigma, haste longa, como um fio, fina e dourada, dentro da flor, é usado para muitos propósitos medicinais, de saúde e culinários. Seu processamento é todo realizado manualmente, o que a torna uma das especiarias mais caras do mundo e um tempero extremamente valioso graças ao seu sabor peculiar e suas propriedades medicinais.

Como usar

Devido ao seu sabor único, relativo à presença de compostos químicos, como picrocrocin (glicosídeo amargo) e safranal, o açafrão é usado, em todo o mundo, em muitas receitas de alimentos e refrescos. Combina muito bem com o arroz, que fica com uma linda cor amarelada. É especialmente bom em receitas que levam frutos do mar. Funciona muito bem em cozidos de carne e em molhos feitos com tomate e, também, é usado em pães e bolos. Combina perfeitamente com o alho, tomilho, gengibre e limão.

Não se pode confundir o açafrão com o açafrão-da-terra, chamado também de cúrcuma, turmérico, raiz de sol, açafrão da índia, açafrão e gengibre amarelo, que é uma planta, originária do gengibre, vinda da Ásia. Dele provem uma especiaria conhecida como tempero pó de caril, com um aspecto amarelo bem forte que é passado aos alimentos que com ele são cozidos.

O açafrão contém potássio, é fonte de vitaminas C e vitamina B6. Possui ferro, manganês, cálcio, magnésio, proteína e um elevado teor de fibra solúvel, que melhora o trânsito intestinal. No entanto, o seu grande valor reside na curcumina, um polifenol com ação antioxidante e anti-inflamatória, responsável pela cor amarela intensa do açafrão. O seu extrato emagrece, pois ao ingeri-lo o indivíduo sente menos fome, regulando a alimentação.

Compre online aqui

Comentários

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.