Ingredientes

  • 60 gr *n’duja
  • 250 ml de molho de tomate
  • Ricotta envelhecida de 50 graus
  • 2 colheres de chá de azeite virgem extra
  • folhas de manjericão
  • Para a massa de macarrão
  • 400 gr de farinha de semola rimacinata, peneirada
  • 220 ml de água morna
  • pitada de sal marinho

Modo de preparo

Para a massa de massa, coloque a farinha em uma tigela. Faça um poço no centro e despeje a água e depois o sal. Usando um garfo, arraste lentamente a farinha na água, começando com a borda interna do poço, até que uma massa comece a se formar. Reúna a massa em uma massa, trabalhe em uma bola, depois amuleto por cerca de 10 minutos, até ficar homogêneo. Deixe a massa descansar, coberta com uma película adesiva ou uma toalha de chá limpa por 2 horas.

Divida a massa pela metade, aplique e corte as porções em tiras de 2,5 cm de largura. Usando as palmas das mãos, enrole a massa em “cordas” com aproximadamente 1,5 cm de espessura. Coloque estas cordas em uma superfície de trabalho levemente enrolada e rola até 0,5 cm de diâmetro. Corte a corda da massa em 1,5 cm de comprimento. Leve levemente a farinha e coloque em uma bandeja farada, coberta com uma toalha de chá, enquanto você repete esse processo com a massa restante.

Para moldar o cavatelli, coloque um pedaço de massa na superfície e puxe a massa para você com dois dedos usando uma pressão média. Deve rolar enquanto puxa. Os primeiros podem ser difíceis e podem não ser lindos, mas não se preocupe – a modelagem fica mais fácil à medida que você desenvolve uma sensação para a massa. Para parar o macarrão duro e habilitar você para mantê-lo por mais tempo eu sempre explodir o cavatelli nesta fase. Coloque-os em uma panela de água fervente salgada e, assim que flutuam, levante-os com uma colher com fenda. Misture-os com um pouco de azeite para que eles não fiquem em seguida coloque-os em pacotes seláveis ​​na geladeira, se estiver usando em breve, ou o congelador, se quiser mantê-los.

Quando estiver pronto para servir, blanqueie o cavatelli em água salgada e fervente até flutuar (você também pode cozinhá-los diretamente de congelados), então drenar, reservando uma porca ou duas da água de cozinha.

Para o molho, fritar o n’duja em uma panela a um fogo médio até que ele funda. Adicione o molho de tomate, depois dois terços da ricotta e misture bem.

Atire o macarrão com o molho, adicionando um pouco da água de macarrão reservada para soltá-lo. Coloque em pratos de servir aquecidos e sirva com a restante ricotta ralada em cima, o azeite derramado e algumas folhas de manjericão frescas.

*O nduja é feito com gordura de porco, ervas e especiarias, junto com pimentas calabresas picantes, que lhe conferem ardência forte e uma coloração vermelha característica. A iguaria é original da província de Vibo Valentia e boa p… – Veja mais em //economia.uol.com.br/noticias/bloomberg/2016/12/13/ingrediente-chamado-nduja-esta-dominando-cardapios-de-londres.htm?cmpid=copiaecola

 

Comentários

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.