É comum hoje encontrarmos o tão famoso Chimichurri em prateleiras de supermercados, lojas de Temperos e afins. No meu caso foi interessante quando estive trabalhando pela primeira vez na Argentina. Já conhecia e usava o Chimichurri totalmente pronto. Em qualquer Feira livre no Uruguay se vende ele desidratado, mais aí estava o desafio fui trabalhar e na preparação de um prato precisei de Chimichurri como era meu primeiro dia no Restaurante perguntei ao outro Cozinheiro onde ficava foi quando ele me falou aqui nós fazemos não compramos pronto.

Eis que pra minha surpresa eu ainda não havia feito nenhuma vez, mais com toda boa vontade o Chef saiu da praça dele e me mostrou rapidamente como era o verdadeiro Chimichurri e Ali eu percebi a diferença de o porque o consumo era grande. O sabor da salsa fresca e do alho faziam toda a diferença. Nunca mais comprei o Chimichurri pronto até hoje faço este e tenho levado para todos os lugares.

Ingredientes
3 Colheres de sopa orégano desidratado
1 colher café de pimenta calabresa
2 dentes de alho fresco bem picadinho
1 maço (30g) de salsa fresca (picadinha)
1/2 xícara de água morna
1/2 xícara de vinagre de vinho tinto
5g de sal
1 xícara de óleo de girassol

 

 

 Modo de Preparo

Em um bowl acrescente o orégano desidratado logo em seguida a pimenta calabresa e a 1/2 xícara de água morna mexendo suavemente para hidratar. Após isto acrescente o alho picado, sal, vinagre e continue mexendo levemente. Por último acrescente a salsa e o óleo de girassol. Mexa por alguns minutos suavemente. Guarde em um recipiente de vidro esterilizado com tampa na geladeira por 24 horas.
Consuma com churrasco, torradas, saladas. Pode também ser usado para marinar aves e peixes.
Utilize sempre para retirar do recipiente uma colher de madeira ou plástico evitando assim a oxidação.
Em geladeira bem fechado dura até 7 dias.

Comentários

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

Chef Toninho Lacerda
Últimos posts por Chef Toninho Lacerda (exibir todos)