Sou um chef que se descreve teimoso na gastronomia sempre buscando conhecimento e criando pratos, a partir de releituras de receitas clássicas, com o objetivo de escrever e-books e livros de receitas e deixá-los como referência para futuros cozinheiros e chefs.
Com quatro anos de idade tive a curiosidade de tentar alcançar as panelas de cima do fogão. Puxei a panela, virei o fogão e fiquei preso dentro do forno. Minha querida mãe me conta que pensou que eu tinha morrido, mas sai sem nenhum ferimento, somente preso ao fogão, que até hoje com trinta e três anos, carrego com o maior prazer, e à essa imensa curiosidade e paixão pela culinária.

 

Tem uma receita sua que envolve mais as pessoas quando você faz?

Chef Junior Neves – São vários os pratos que sempre faço para os amigos e família: Churrasco de final de semana, típico do sul, Galinhada, Yakisoba e Salmão com Risoto de Uvas Verdes, Mas, como sou cozinheiro e apaixonado pela gastronomia, em quase todas as datas festivas sou escalado pra fazer algum prato.

Qual é o tempero que deixa sua assinatura?

Chef Junior Neves – Gosto de preparar pratos levemente apimentados (páprica picante, pimenta calabresa e pimenta do reino fresca moída na hora). Mas, como podem ler nas minhas experiencias gastronômicas aqui no Trilhas & Sabores, gosto muito de usar cerveja, variando os estilos, na criação de deliciosos e inovadores pratos da gastronomia.

Você tem algum livro de receitas de família? Cite a receita que mais lhe marcou?

Chef Junior Neves – Suspiro saudosismo … meu livro de receitas são as minhas avós. Aos dez anos de idade tive interesse de aprender aqueles pratos preparados por minhas matriarcas. A primeira receita que aprendi foi o angu de alho, uma receita atual de polenta cremosa.

Como se sente ao escrever suas experiencias gastronômicas no Trilhas & Sabores?

Chef Junior Neves – Me sinto honrado e gratificado em escrever pois me proporciona um desafio em criar prato, expor meus conhecimentos na cozinha e oferecer dicas e degustações de cerveja.

Fale uma receita que mais lhe marcou?

Chef Junior Neves – Minha receita favorita é um yakisoba com cerveja imperial stout de pimenta da lhon bier. Tive a ideia, muitos anos antes, quando pensei em substituir o shoyo por caracu ou malzebier, as duas únicas cervejas escuras que o mercado
proporcionava na época. Depois de alguns anos, com a crescimento do mercado cervejeiro, conheci uma cerveja de pimenta chili com notas amadeiradas e baunilha. Foi então que me senti na obrigação de desenvolver a ideia, não de um modo tradicional, mas com coxa e sobrecoxa de jacaré.

Curiosidade: qual prato/ingrediente que você não come de jeito nenhum?

Chef Junior Neves – (Rindo) Curiosamente passei mal ao comer uma salada de cebola aos sete anos de idade. Era um jantar, em um restaurante, com a família reunida. Passei mal imediatamente e quase estraguei com o jantar (risos). Hoje meus temperos favoritos são cebola e alho, mas cebola crua eu não sou adepto.

 

 

Comentários

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.