Ah… o inverno… cobertor, lareira, São João (risos), romance.

O clima fica mais fresquinho por aqui em Vitória!! Não temos um frio , mas a temperatura baixa um pouquinho e aí… hora dos pratos quentinhos, sopas, massas afetuosas… lá em Minas a gente abusa dos caldos e angu com frango e quiabo (a boca chega a encher d’água)… então, o acompanhamento passa a ser o que? o vinho… e qual vinho vou escolher para harmonizar?

Vou deixar as dicas na tela!!

Se você preferir ficar nos Vinhos Brancos, a sugestão é que seja um Chardonnay barricado. Ele vai harmonizar com caldos mais estruturados, aquele risoto, e fará isso sem perder seu frutado, mas com uma acidez mais baixa e controlada. Pratos quentes não são só caldos… mas uma polentinha com queijo e ragu de linguicinha picante; founde de queijos e aquelas massas bem afetivas. A passagem por barrica pode deixar com aromas e sabores mais complexos, então poderá aparecer aí um tostado ou uma avelã e você terá um vinho com persistência mais longa em boca. Sugestão Custo x Prazer: Chardonnay Reserva 2019 Don Guerino (55)

Um Vinho Rosé estruturado também fica bem bacana! Mas olha, estamos no inverno e geralmente os Rosés são mais frescos, frutados, acidez mais alta e refrescantes… mas temos exceções. Temos Rosés estruturados sim e bem gastronômicos. Um suspiro para explicar o gastronômico = algumas pessoas falam que o vinho é tão estruturado que ele pede comida, eu prefiro dizer que o vinho é tão estruturado que evolui com comida 😊 é só uma forma de falar… mas muda a chave (ah… muda). Voltando ao Rosé para o inverno… vou sugerir o Anna Bonifácio da Dom Bonifácio ou Tramonto da Villagio Conti, ambos vinhos brasileiros e com suas histórias. O vinho Rosé que tem muita estrutura, evolui muito se estiver escoltado por uma boa massa estruturada, com molho vermelho puxando um pouco mais a acidez, uma carne com entremeado de gordura… como? Coloca bacon na conversa gente!! Faz um blend de carne no molho… deixa ela suculenta. Nossa, já estou aqui pensando no prato…

Sugestão Custo x Prazer: Habitat Rosé Anna 2018 da Quinta Don Bonifácio (55) ou Tramonto 2018 da Villagio Conti (65)

Mas invernos e tintos são tão românticos…. Concordo! Lembrei da música do Wander Lee!

Se você preferir ficar nos Vinhos Tintos, as sugestões vão desde um Cabernet Sauvignon de médio corpo para combinar com fondues de queijos, até um robusto Tannat para as massas com molhos mais estruturados, polentas e caldos com carnes mais gordas.

Esses vinhos podem te entregar aromas de frutas pretas compotadas, algum tostado também, aromas terciários do tipo couro… isso devido a estrutura… são vinhos mais estruturados, lembre disso… Mas são elegantes, tem taninos potentes e aveludados…

Prefere os vinhos jovens? Sem esses aromas terciários? Perfeito!! Os vinhos jovens vão te entregar mais frutado, alguns podem ter mais acidez e se apresentarem mais frescos, por isso a uva com uma carga tânica maior como a Cabernet Sauvignon e a Tannat vão equilibrar bem a escolha do prato do inverno e para o inverno.

Sugestão Custo x Prazer: Cabernet Sauvignon Reserva da Dom Candido (90) ou Tannat Terroir Exclusivo da Casa Valduga (90)

Para sobremesa? Tem também né… e se for founde de chocolate? Meu Deos!!! Vai a dica… cuidado com os vinhos fortificados, rsrs… é só um golinho!! Vinhos fortificados como vinho do Porto, geralmente tem graduação alcóolica acima de 20%. Mas olha… pegue um cálice de vinho do Porto e coloque na receita, ops… que delícia! Ou prove junto com o chocolate ao leite… fica muito bom. Sugestão: Porto Tawny – Saint Clair (65)

Enfim… se permita a experiência.

Se permita a experiencia…. se permita…. porque apesar de falarmos “vinhos para o inverno”, vai depender de você curtir ou não… não coloque regras se você quer momentos leves e descomplicados… curta seu vinho, curta o clima… use com saúde e com moderação… só tem uma regra que fazemos questão… Seja feliz!! Seja sempre muito feliz!!! Saúde Enoamigos!!!

 

 

Comentários

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

Adriana de Abreu
Últimos posts por Adriana de Abreu (exibir todos)