Na contramão dos vinhos de produção em larga escala que tendem a buscar as necessidades comerciais do produtor – os chamados “vinhos do autor” são produzidos para surpreender e demonstrar a verdadeira capacidade de criação dos enólogos, que muitas vezes imprimem nessas garrafas sua própria personalidade.

Uma vez que esses rótulos não tem o compromisso de seguir o paladar comum de mercado, todos os passos que devem ser tomados na produção do vinho podem ser acompanhados com carinho e atenção especial pelo artista dessa verdadeira obra.

Da escolha do terroir, ao plantio, colheita e vinificação, as decisões reproduzem sua visão pessoal. Afinal, é na produção desses vinhos que o enólogo tem a oportunidade de mostrar a melhor qualidade do seu trabalho.

Justamente por esse caráter especial e surpreendente dos vinhos do autor, a elaboração desses exemplares exige paciência e observação constante. A maioria dos profissionais que se propõem a produzir tais vinhos tenta ao máximo não utilizar processos e mecanismos artificiais. Isso resulta em etapas mais demoradas e, consequentemente, em um maior tempo de produção.

Mas afinal, o que são vinhos de autor, e porque essa é a uma tendência para aqueles que buscam se aprofundar sensorialmente no mundo do vinho?

Custo x Prazer
Muitos questionam se há espaço no mercado para os vinhos de autor, uma vez que esses rótulos, por exigirem tamanha dedicação e personalidade, tendem a chegar as prateleiras com um valor agregado.

Porém, se você é um enófilo mais dedicado sabe que o vinho é uma bebida que pede cada vez mais uma busca por novos sabores, mais complexidade e essa busca acaba, inevitavelmente, chegando nos vinhos especiais, singulares.

Nesse momento, nós, apaixonados por vinho, chegamos a conclusão de que o custo x prazer de um vinho autoral que entrega uma experiência mais profunda vale cada centavo.

Importante destacar também que certamente esses não são vinhos para a rotina do dia a dia, são vinhos com propostas para ocasiões especiais ou estudos em confrarias.

Afinal, vinhos são como momentos, os melhores sempre são divididos com pessoas especiais, concorda?

Pascal Marty e a ViñaMarty

Criada no Chile em 2009 pelo enólogo Pascal Marty, a Viña Marty nasceu com o conceito de fazer o que ele mais sabe: “Grandes Vinhos”.

Conhecido por ter produzido 3 vinhos de renome mundial em 3 continentes diferentes nas últimas 3 décadas, Pascal iniciou sua carreira com o vintage Chateau Mouton Rothschild de 1982, foi chefe enólogo e criador do OPUS ONE nos Estados Unidos e repetiu o mesmo conceito no Chile com a Viña Almaviva, sendo considerado então o pioneiro em fazer vinho chileno super-premium.

Utilizando técnicas bordalesas de “FirstGrowth”, revitalizou 40 hectares de vinhas e supervisionou a construção da adega. Assim, desde que foi lançado, Almaviva tem sido constantemente classificado como o melhor do vinho chileno no mercado.

Segundo o enólogo, “A Criação é o que caracteriza os vinhos dos autores. Existem dois tipos de vinhos no Chile, como em outros países: os industriais, das grandes empresas (muito grandes) e as dos autores. ”

Atualmente, Pascal Marty assina como Autor de diversos vinhos e o melhor a maioria pode ser encontrada no shop Uvino.

Separamos alguns rótulos produzidos pelo enólogo para você conhecer as obras desse artista do vinho:

Love Tinto

O amor é o sentimento mais nobre de todos, é saboroso, rico e agradável, assim como este vinho de Pascal Marty que apresenta características de cor vermelha de tonalidades vivas, refletindo sua juventude.

E seu aroma, onde a framboesa e ginja negra (pitanga preta) estão fortemente presentes, riqueza em fruta. Na boca também aparecem cassis e ameixas, o que da origem a um vinho de especial perfume, elegante e grato de beber.

 

 

 

Ilaia Reserva Carménère – reserva

Na língua nativa da região sul do Chile – Ilaia significa “A parte sul do mundo” e essa é, nas palavras de Pascal Marty a descrição perfeita da estada do enólogo no Chile. Vinhas geridas com muito amor e paixão que oferecem como resultado vinhos de expressão única.

Ilaia Carménère Reserva apresenta cor vermelha intensa, de aroma especiaria com notas a café, amora, fumo, chocolate e baunilha. Na boca aparecem também ressaibos de terra úmida. E um vinho de paladar amável, muito pessoal e de caráter original.

 

 

 

Pirca Gran Reserva Cabernet Sauvignon

Pirca é uma forma tradicional de construção criado no Chile, um estilo único assim como este rótulo.

Buscando ressaltar a riqueza do terroir esse vinho traz consigo a história, cultura e paixão de um povo, fazendo assim do Pirca Gran Reserva uma expressão única.

De cor rubi viva brilhante, apresenta, no nariz, notas de pequenos frutos vermelhos, toques minerais, condimentos e um tostado elegante em referência ao seu estágio em barris de carvalho. Na boca é leve e com taninos elegantes e macios. Vivo, fresco e muito bem estruturado, graças a sua perfeita fruta. Final mineral elegante e equilibrado.

 

 

 

Corazón del Índio (Colchagua Valley)

Em português, “coração de índio”, é o local da cordilheira onde se localiza o vinhedo de “clos de Fa”. Todos os dias, no sol poente, a cordilheira se ilumina em laranja, já a região do “corazón del indio” ganha uma cor rosa brilhante. Um espécime excepcionalmente apaixonante criado pelo enólogo Pascal Marty fruto do blend das uvas Cabernet Sauvignon, Carmenère e Syrah cultivadas em um dos melhores terroirs do Vale do Maule.

De cor rubi viva brilhante, apresenta, no nariz, notas de pequenos frutos vermelhos, toques minerais, condimentos e um tostado elegante em referência ao seu estágio em barris de carvalho. Na boca é leve e com taninos elegantes e macios. Vivo, fresco e muito bem estruturado, graças a sua perfeita fruta. Final mineral elegante e equilibrado.

 

 

Clos de Fa (D.O. Pirque)

Um vinho ícone!

Clos de Fa é uma obra prima disponível apenas em quantidade limitada feita de Cabernet Sauvignon, Merlot e Syrah, colhidas em 2 vinhedos exclusivos localizados em Pirque, no Vale Del Maipo, totalmente trabalhada manualmente em sua criação, desde a colheita dos vinhedos até a rotulagem na vinícola.

De cor vermelho, vivo e profundo. No nariz aparecem ricos e finos aromas de pequenas frutas negras: cassis e amoras; a madeiras finas: cedro e carvalho, e também trufas, hortelã, fumo e chocolate. Na boca seus taninos são firmes, mas ao mesmo tempo finos e elegantes. Isto faz com que o vinho se deslize com suavidade pelo palato, e que sua estrutura se sinta forte, equilibrada e muito pessoal. Seu final de boca é longo, amável e marcado.

 

 

Agora que você já conhece as principais características e qualidades dos Vinhos do autor Pascal Marty, escolha os seus favoritos e deleite-se com rótulos especiais e pensados para os enófilos mais exigentes.

Comentários

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

Trilhas & Sabores

Últimos posts por Trilhas & Sabores (exibir todos)