O falar de queijos trás muito prazer a quem o faz e desperta desejos em quem os procura. A apresentação aqui é do queijo O Reverendo. Um queijo de origem da Serra da Canastra, próximo à nascente do Rio São Francisco em Minas Gerais. Uma peça que pode chegar a 1,5 kg depois de curado.

Seu processo de cura é realizado pelo método francês de casca lavada, conhecido desde o século X. Isto mesmo, durante o processo de maturação o queijo recebe banhos de um preparado de nome morge (solução salina). Que é a mistura dos ingredientes que darão características a este novo queijo. Pode conter bebidas e especiarias.

Sua casca fica com textura mais gelatinosa, formando uma película macia e agradável ao paladar, e funciona com contentor da massa que se torna cremosa e muito macia. Deve ser mantido em sua embalagem original na parte baixa da geladeira onde a temperatura gira em torno dos 10º. Tem aroma forte característico dos queijos de casca lavada. É um queijo de presença e forte personalidade. Seu sabor e textura assemelha-se ao queijo italiano Taléggio (região da Lombardia).

Seu sabor intenso faz que nós na cozinha pensemos como seria a melhor forma de degusta-lo. Harmoniza muito bem com tâmaras, damascos e castanhas. É fantástico para um risoto, pois dá a cremosidade ideal. Também se adequa á um belo medalhão de filé e quando sobreposto se derrete sobre ele.

Uma preciosidade das terras de Minas executada pelo afinador Fabio Ribeiro.

Comentários

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

Chef Carlos Baldo
Últimos posts por Chef Carlos Baldo (exibir todos)