Vamos começar pelo tamanho dessas garrafas, que pode varia de 187 mL até 30 l, mas que em sua maioria, por sinal gigantesca, é de 750 ml.. Apesar da existência de muitas lendas sobre o porquê do tamanho padrão ser 750 ml., acredita-se que ele foi definido numa época em que os vinhos de Bordeaux eram comercializados pelos ingleses na própria barrica e não em garrafas. As barricas bordalesas tinham, desde aquela época, 225 litros, o que equivale a um total de 300 garrafas de 750 mL Em outros tamanhos, é mais comum encontrar 375 mL ou 1,5 L. Os tamanhos menores surgiram para evitar a oxidação de um vinho para consumidores que não vão acabar com uma garrafa. Já as de tamanhos grandes são mais comuns em festas e celebrações. Na verdade, as garrafas de 30l são raríssimas.

Independentemente do tamanho, as garrafas de vinho têm formatos diferentes conforme a região ou a uva de origem. Acredite, cada formato tem uma razão lógica de ser:

 Bordeaux – Com ombros mais marcados e corpo reto, é mais indicada para os vinhos de longa guarda, pois facilita o acúmulo de resíduos sólidos na região do ombro da garrafa. Além de reter os resíduos na hora de servir o vinho em taça.

Borgonha – Com ombros tênues e corpo mais largo é conhecida por acondicionar Pinots do mundo todo. são vinhos menos tânicos e encorpados, que acumulam menos resíduos sólidos com o envelhecimento.

 

Champagne – Com formato praticamente idêntico ao da garrafa Borgonha, porém com o vidro mais espesso, para garantir a resistência  à pressão do gás. É o formato padrão de garrafas de espumante

Alsácia – Garrafas alongados com ombros muito sutilmente delineados. Além dos vinhos da Alsácia, é comum encontrar Rieslings da Alemanha e de outras partes do mundo com esse formato.

 

 

 

A cor das garrafas de vinho também merece atenção nesta viagem. Ela pode variar de acordo com as tradições de cada região. Entretanto, a maioria das garrafas de vinhos tintos é verde e as de vinho branco e rosé transparente.  Verde porque impede o contato direto da luz, seja ela natural ou artificial, com o vinho, preservando a sua  qualidade por anos. Já os vinhos acondicionados em garrafas transparentes – brancos e rosés, em sua maioria – são feitos para consumo rápido, por isso a questão do contato com a luz não é tão relevante. É comum encontrar alguns brancos em garrafas verdes, e isso pode ser um indicativo sobre o potencial de guarda do vinho.

Finalmente, chegamos ao buraco no fundo das garrafas de vinho. Bom, ele criado, simplesmente, para ajudar a empilhar as garrafas em um contêiner e facilitar o transporte da bebida por longas distância. Imaginou outas finalidades?! Errou!

Para encerrar a viagem, veja abaixo os diferentes tamanhos de garrafas de vinho e quantas taças de vinho cada garrafa serve:

Um quarto: 187 mL (serve 1,25 taça)

Meia garrafa: 375 mL (serve 2,5 taças)

Sobremesa: 500 mL (serve 3,3 taças)

Garrafa: 750 mL (serve 5 taças)

Comentários

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

Victor Calmon

Últimos posts por Victor Calmon (exibir todos)