Com uma infinidade de apelidos, do Dalila ao Chelsea Sidecar, a Dama Branca é essencialmente um Sidecar feito com gin no lugar do conhaque. Segundo uma teoria, a Dama Branca foi inventada por Harry Craddock no American Bar do The Savoy. A receita original, impressa em seu Savoy Cocktail Book de 1930, inclui gin, cointreau, suco de limão fresco e clara de ovo servidos em um cupê de champanhe ou copo de Martini.
Contudo, outra teoria diz que a Dama Branca foi de fato uma invenção de Harry MacElhone de Dundee, que criou a bebida no Ciro’s Club em Londres em 1919, originalmente usando crème de menthe, mas substituindo por gin no New York Bar de Harrybar, em Paris. De acordo com o barman do Savoy Joe Gilmore, apesar de seu nome e ingredientes femininos, a White Lady era uma das duplas de comédia Laurel e as bebidas favoritas de Hardy.
No romance de John Le Carré, de 1965, The Looking Glass War, o protagonista, o espião britânico Fred Leiser, tem uma queda por White Ladies e faz várias tentativas para convencer seus colegas agentes a experimentar o coquetel. Uma reviravolta na Dama Branca é o Boxcar, que apresenta um aro açucarado, substitui o suco de limão por limão e inclui uma pitada de granadina, deixando-a rosada.

Ingredientes
50 ml gin DryCat
25 ml triple sec
25 ml suco de limão siciliano
1 clara de ovo (~30 ml)

Modo de preparo
Bater com gelo e servir com coagem dupla em uma taça previamente resfriada.

Decore com um toque fino de limão siciliano.

 

 

 

Apoio:

 

Comentários

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.